Após aprovada no Senado reforma do Imposto de Renda passa a valer a partir de 2022

Após aprovada no Senado reforma do Imposto de Renda passa a valer a partir de 2022

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Aprovada no início de setembro de 2021 pela Câmara dos Deputados, a reforma do Imposto de Renda altera a cobrança de IR para Pessoas Físicas, empresas e investimentos. O texto presume redução na cobrança de IR de 20% para 15% sobre dividendos distribuídos por empresas a investidores; amplia a faixa de isenção da tabela para quem ganha até 2,5 mil reais mensais, tendo as demais faixas reajustes que variam entre 13,2% e 13,6%.

Já para empresas, a matéria prevê diminuição de 15% para 8% na alíquota do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica, além do corte de um ponto percentual na Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL). De acordo com o governo, a atualização da tabela do IR irá isentar 5,6 milhões de novos contribuintes. Para valer a partir de 2022, o texto precisa ainda passar por aprovação no Senado.