Os dois lados do home office

Os dois lados do home office

Tempo de leitura: 1 minuto

Conforme pesquisa realizada pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA-USP) e pela Fundação Instituto de Administração (FIA) registrou que o homme office vem agradando aos colaboradores, porém há preocupação com o excesso de trabalho que acaba ocorrendo, indo além da carga horária estipulada em contrato.  Os dados dão conta que em razão de não haver deslocamento de casa para a empresa, muitos iniciam suas atividades mais cedo e finalizam-nas mais tarde.

Quarenta e cinco por cento dos entrevistados pelo estudo afirmaram que estão trabalhando acima de 45 horas semanais e, desse número, 23% declararam que a realização de suas tarefas ocupa entre 49 e 70 horas por semana. Ainda de acordo com a averiguação, 81% disseram que trabalhando em casa produzem mais ou igual se estivessem executando suas tarefas de forma presencial. No caso de quem acaba extrapolando o horário, a dica dos especialistas é a disciplina, tanto na realização das demandas a cumprir como no descanso. Ou seja, ter horário para começar e terminar diariamente a labuta.